Andar de transporte público durante as viagens é, na maioria das vezes, uma das boas economias que a gente faz. Fato. E, especialmente nas cidades grandes onde o trânsito é uma coisa chata e o metrô/trem funcionam bem, além de diminuir gastos, ainda dá uma reduzida no tempo despendido nos trajetos. E o metrô de Madri cai nesses casos: novo, funcional e tranquilo de usar.

O que você precisa saber sobre o Metrô de Madri

Linhas, estações e funcionamento

São centenas de estações (algumas da linha 1 ainda passando por obras até 12 de novembro), 15 linhas de metrô, sendo 3 delas de metrô ligero, 1 ramal e 4 zonas (A, B1, B2 e B3) que abrangem Madri e seus arredores.

O metrô funciona todos os dias, das 6h às 1h30, sendo que as linhas circulam até as 2h. Nos finais de semana, geralmente, os intervalos entre as saídas são um pouco maiores, uns 2 ou 3 minutos a mais, nada absurdo. Você pode consultar os horários certinhos das linhas que te interessam aqui.

Além disso, eles são tão organizados, que todas as estações tem painéis indicando o tempo para a próxima saída.

#dicadeviajante

Para entrar ou sair dos carros do metrô, você precisa apertar o botão ou puxar a alavanca para que a porta se abra. Não é automático.

Metrô de Madri - Por dentro
Aperte o botão da porta para sair

Os tipos de passes do Metrô de Madri

O metrô possui vários tipos de passes que o turista pode usar. Vamos a eles:

Sencillo

Permite uma única utilização e tem um valor que varia, dependendo da quantidade de estações que for percorrer. Ele tem um valor inicial de 1,50€. Quando você vai percorrer mais de 5 estações, é acrescentado o valor de 0,10€ a cada estação adicional até chegar ao valor máximo de 2€.

Como sabem quantas estações vou percorrer? No ato da compra, você informa para onde está indo e o valor é calculado automaticamente pelo sistema de venda na estação.

Metrobus 10 viajes

Você pode comprar um “pacote” de 10 viagens pelo custo de 12,20€ para circular por toda Madri. Além disso, esse pacote tem duas vantagens:

  1. Ter o uso estendido também nos ônibus, exceto na linha Plaza de Colón – Aeropuerto.
  2. Poder ser compartilhado com outras pessoas.
Metrô de Madri - Em operação
Na estação Estrella (foto: Wikimedia Commons/Braniff747SP)

Tarjeta Turística

Essa permite o uso ilimitado do metrô e qualquer transporte público da cidade durante um período determinado, que pode ser de 1,2,3,5 e 7 dias. Além disso, não precisa pagar o abono (valor extra) para entrar ou sair do aeroporto (saiba mais sobre ele aqui embaixo).

Os passes começam a contar do primeiro dia de uso e se estendem até as 5h da manhã do dia seguinte ao último. Por exemplo, comprei um passe de 3 dias e comecei a usar dia 27 de setembro. Ele vale dia 27, 28, 29 e até as 5h da manhã do dia 30. Mesmo que o metrô não esteja funcionando nesse horário, lembre que tem a opção do ônibus também.;)

O lado ruim é que esse passe é pessoal e intransferível, já que nele fica anotado o número do seu passaporte.

Com relação aos preços, eles variam com a zona de abrangência do passe. São duas zonas: a zona A, que abrange toda a área de Madri, e a zona T, que se estende pelos arredores da cidade, por toda a cobertura dos abonos de transporte. Como o que tem de mais atrativo é em Madri mesmo, compre o da zona A.

Os valores praticados são esses da tabelinha aqui embaixo. Mas, vale dizer que tem uma versão infantil do passe para crianças menores de 11 anos que custa a metade do preço normal.

Zona 1 dia 2 dias 3 dias 5 dias 7 dias
A 8,40€ 14,20€ 18,40€ 26,80€ 35,40€
T 17€ 28,40€ 35,40€ 50,80€ 70,80€

 

Dá para comprar o passe turístico em todas as estações de metrô e também na sede do Consórcio Regional de Transportes de Madri (Plaza de Descubridor de Ordás, 3).

Antes de comprar a Tajeta Turística, faça as contas!

Para o passe turístico valer a pena, você tem que fazer um número maior de viagens que faria combinando o Metrobus 10 viajes e o Sencillo.

 1 dia  No caso do bilhete de 1 dia, você teria que fazer, pelo menos, 6 viagens de 1,50€ (passando por 5 estações) ou 5 de 2€ (passando por 10 estações).
 2 dias  Você teria que fazer entre 11 (uma delas de mais de 10 estações) e 12 viagens para valer a pena, ao longo desses 2 dias.
 3 dias  Aí seriam 14 a 15 viagens para valer o dinheiro investido.
 5 dias  Só fazendo 22 viagens para compensar o dinheiro pago.
 7 dias  Aí seriam de 26 (6 delas de mais de 10 estações) a 28 viagens! É coisa para caramba!

Afinal, vale a pena?

Na minha mais sincera opinião: dificilmente vai valer a pena. Os pontos turísticos de Madri são muito bem caminháveis entre si e você provavelmente vai usar o metrô, no máximo para chegar no primeiro lugar do dia e sair do último. Bom, isso a menos que tenha problemas de locomoção ou seja preguiçoso mesmo.

Abono Aeropuerto

Os passes de metrô não valem para quem vai sair do aeroporto ou chegar até ele. Nesse caso, você precisa comprar o tal Abono Aeropuerto, que é um tipo de taxa extra para passar pelas estações que ficam lá.

Você pode comprar esse abono junto com os passes do metrô ou, caso você ainda tenha passagens disponíveis para viagem, dá para pagar esse abono por fora, nas mesmas máquinas de autoatendimento ou nas que ficam antes da catraca de entrada/saída das estações do aeroporto.  Esse valor extra custa 3€.

|Se quiser saber como sair do aeroporto de metrô, veja este post.|

Comprando suas passagens

A compra dos bilhetes pode ser feita pelas cabines de compras, que nem sempre estão disponíveis em todas as estações, ou pelas máquinas de autoatendimento.

Mas fique tranquilo: as máquinas de autoatendimento aceitam como forma de pagamento cartão ou dinheiro (inclusive moedas!). Vale dizer que algumas delas são exclusivamente para pagamento em dinheiro (efectivo) ou cartão (tarjeta).

Metrô de Madri - Máquinas de Autoatendimento
As máquinas de autoatendimento: observe que o pessoal está na que só aceita dinheiro (foto: Divulgação/Metrô de Madri)

#dicadeviajante

1. No caso de pagar em dinheiro, tenha sempre à disposição valores trocados, pois as máquinas não recebem notas de 50 euros para cima para a compra dos bilhetes sencillo e Metrobus 10 viajes.

2. Se você está viajando com crianças menores de 4 anos, elas não pagam passagem.

Encontrando seu trajeto

Para achar o seu trajeto, só ter um mapa em mãos que já dá para se localizar. Você encontra esses mapas expostos em cada estação, como normalmente tem mundo afora, ou na versão de mapinhas de bolso também disponibilizados em todas elas. Se não quiser depender de ver nas estações, dá para baixar o mapa do site ou o app deles, que já vem com essa informação atualizada (a gente fala mas do app aqui embaixo).

Para quem curte a viagem mais bem planejada possível, o site do Metrô de Madri facilita o seu trabalho. Só acessar o “trayecto recomendado” e informar endereços, pontos de referência ou estações que eles calculam o caminho para você. E ainda dá para escolher como quer que o trajeto seja feito: o mais rápido, com menos baldeações ou menor distância.

Mais uma vez, se você não se garante no espanhol, o site tem versão em inglês. 😉

Metrô de Madri - Trajeto Recomendado
Página para seleção de trajeto no site do Metrô de Madri

#dicadeviajante

Fique ligado que a linha 6 é a única que é circular. Com isso, ela não tem estação de início nem de fim e, portanto, não pára numa estação final. Você precisa ficar atento ao Anden (plataforma) onde está para não esperar mais que deveria para descer na estação que quer. No Anden 1, o metrô está “indo” da estação Laguna para a Lucero, passando por várias outras. No Anden 2, da Ciudad Universitaria a Moncloa. Na dúvida, consulte os mapas que ficam nas paredes.

Metrô de Madri - Linha 6
Linha 6 do metrô de Madri: se liga que ela é a única circular!

Acessibilidade

O metrô de Madri conta com um sistema de auxílio a deficientes, com elevadores para as pessoas que utilizam cadeiras de rodas. Além disso, também disponibilizam um Serviço Especial de Ajuda, que fica ativo durante todo o horário de funcionamento do metrô, para auxiliar em caso de imprevistos que possam acontecer durante as viagens.

Aplicativo

Como falei para vocês no começo, o metrô de Madri é um dos melhores! Eles disponibilizam um app super útil, especialmente para quem não está acostumado a circular pela cidade. E é tão bem pensado que só depende do GPS do seu smartphone. Nada de internet!

Metrô de Madri - app
Na esquerda, a tela inicial do app e o bando de funcionalidades. Na direita, a lista de informações úteis que vem com ele.

Entre as funcionalidades do app estão:

  • Apresentação de mapas: um completo e atualizado do Metrô de Madri e também um turístico <3.
  • Localização das estações próximas com o uso do GPS.
  • Recomendação do trajeto com menos baldeações ou menor distância. Nessa funcionalidade ele ainda informa o tempo aproximado do itinerário, quantas estações vão passar e quantos transbordos vai precisar fazer.
  • Situação de cada linha, incluindo horários, mapa e estado de circulação.
  • Informações úteis de tarifas, abonos, horários e contatos.
Metrô de Madri - Mapas no App
Mapa do Metrô e o Turístico no app

Além disso, o app permite que você selecione o idioma que se sente mais confortável: espanhol, inglês, francês, alemão e japonês.

Para quem está pretendendo usar o metrô de Madri, com certeza, é uma “mão na roda”! Ele está disponível tanto no Google Play como na Apple Store.

Tem mais alguma dúvida sobre o metrô de Madri? Pode perguntar! 🙂

COMPARTILHAR

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão “carpe diem”. Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

17 COMENTÁRIOS

  1. Está muito boa esta explicação sobre o metrô de Madrid. Só não está perfeita, porque não foi dito quais as providências ou medidas que devem ser tomadas quando se passa de uma zona para outra dentro do próprio metrô. Se você não comprar antecipadamente um bilhete para uma zona fora da de Madrid, seria preciso dar uma explicação do que vai acontecer para não ficar perdido. Já tive problemas desta natureza e se não houver uma explicação mais detalhada pode complicar a vida do turista, que vai ficar perdido, principalmente nas estações que não dispõem de máquinas para compra de bilhetes para ele poder sair da estação numa destas zonas não abrangidas pelo bilhete da zona central. É apenas um detalhe que não compromete em nada o excelente trabalho aqui apresentado. Parabéns!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui