Jericoacoara

Como chegar em Jericoacoara | Do jeito baratíssimo ao nem tanto

como chegar em Jericoacoara

Como chegar em Jericoacoara | Do jeito baratíssimo ao nem tanto

A cerca de 300 km a oeste de Fortaleza, Jericoacoara é um dos destinos turísticos mais procurados do mundo. Sem exageros. No entanto, embora a procura pelo local seja grande, a logística para a chegada pode não ser tão evoluída assim. Mas, tenha em mente uma coisa: quando o sacrifício é grande, é porque o resultado compensa. E Jeri sabe compensar!

Como chegar em Jericoacoara

Como foi adiantado, o trajeto até Jeri pode ser, no mínimo, cansativo. O caminho é dividido em duas etapas. A primeira envolve 280 km de asfalto, pela CE085 ou “Estruturante”, e pode ser considerada a parte tranquila da coisa. A outra etapa é mais pauleira: são “só” 20 km, que podem variar entre estrada de terra e areia pura mesmo. Já pode começar pedindo: com emoção ou sem?!

Para te facilitar a vida, organizei aqui os transportes em ordem de valores, junto com prós e contras de cada um. No fim, escolha a sua opção e seja feliz em Jeri! Isso, tenho certeza que você vai.

Ônibus + Jardineira

Essa é aquela opção para quem é mochileiro mão fechada (não, essa não é uma crítica – é um estilo de vida, né?): financeiramente barateira, mas gasta um pouco mais de tempo.

#dicadeviajante

Para quem sai do aeroporto, coloque na ponta do lápis. Pois, dependendo do horário, pode ter que usar um táxi/uber para ir até a rodoviária. Nesse caso, a opção não fica tão mais barata.

Na Prática

  • Quem faz? A empresa Fretcar.
  • Como é? O trajeto de ônibus executivo parte da rodoviária de Fortaleza e vai até Jijoca, na parte civilizada da coisa. No caminho, pode haver paradas intermediárias, que tornam o processo ainda mais longo. Concluída essa etapa, os tripulantes sobem a bordo de uma jardineira (ou pau de arara) para seguir pelo percurso de estrada de terra/areia, que dura cerca de 1h. São momentos de emoções! Com chuva, o veículo pode até atolar, o que não seria nada agradável.
  • Tem como sair do aeroporto? Sim, há dois horários por dia em que a empresa faz o trajeto passando pelo aeroporto (15 minutos após partir da rodoviária), todavia é bom confirmar por telefone. Caso queira comprar passagens na hora, há uma loja da Fretcar no saguão. Mas, essa escolha é totalmente contraindicada para quem vai na alta temporada.
  • E do hotel? Em alguns horários, o ônibus segue o trajeto pela Beira-Mar. Se estiver hospedado por lá, essa pode se tornar uma opção. No entanto, vale confirmar com a empresa.
  • Quanto tempo leva? Entre 7h e 7h30, para o percurso completo.
  • Que horas? Os ônibus tem horários de partida desde as 4h da manhã até o início da noite. Caso o seu vôo chegue depois do último ônibus, será necessário pernoitar em Fortaleza.
  • Quanto custa? Entre R$ 72 e R$81. Os trajetos diurno é mais caro por incluir um lanche como serviço de bordo.
  • E na volta? Há uma loja da própria Fretcar na Vila de Jericoacoara, onde, por mais R$ 22, você compra um passe para o trajeto entre a rodoviária de Fortaleza e o aeroporto.
  • Onde comprar as passagens? Além do site, você pode conferir outros pontos de venda aqui.
Como chegar em Jericoacoara -

Uma das jardineiras que faz o transfer

Van + Jardineira

Com um custo semelhante ao do ônibus, é possível, pelo menos, encurtar o tempo na estrada. Além disso, é possível combinar a saída do hotel ou do aeroporto, como se fosse fazer um passeio normal, com menos riscos de perder o transfer.

Na Prática

  • Quem faz? Algumas empresas de receptivo realizam o trajeto dessa forma. Fiz e indico com a Experimente Jeri, que faz o serviço em parceria com a Sim7. As demais informações aqui correspondem ao transfer com essa empresa.
  • Como é? O trajeto é semelhante ao de ônibus, com a diferença que você gasta menos tempo na estrada, já que há apenas duas paradas intermediárias: uma em Paraipaba para lanche, que dura 20 minutos, e outra para a troca para a jardineira. A questão é que, dependendo do hotel em que ficar, o “pinga pinga” na busca dos passageiros leva até 1h30, o que torna a vantagem do tempo consideravelmente menor. Agora, duas coisas boas que não dá para ignorar: na ida de van ou ônibus de viagem (ambos com ar condicionado), você tem uma introdução a Jeri com um guia totalmente hilário; no trajeto de jardineira, o motorista faz uma parada rápida para fotos nas “fronhas de Jeri”. Isso não acontece com a Fretcar.
  • Tem como sair do aeroporto? Sim, as saídas do aeroporto acontecem às 6h30, apenas.
  • E do hotel? Também é possível. Nesse caso, as saídas acontecem em torno das 7h30, dependendo do hotel.
  • Quanto tempo leva? Entre 6h e 6h30, para o percurso completo.
  • Que horas? Normalmente, apenas pela manhã, a partir das 7h30. Melhor confirmar com o receptivo na véspera.
  • Quanto custa? R$85, na Experimente Jeri. Para sair do aeroporto, R$ 100.
  • E na volta? Na volta, há uma parada na Lagoa do Paraíso, que é totalmente dispensável se você fez o passeio de buggy durante a estadia em Jeri. Se quiser pular essa parte,
  • Onde contratar os serviços? Através do contato no site, whatsapp ou telefone.
Como chegar em Jericoacoara - 2

A van saindo de Fortaleza

Para quem está com pouco tempo em Jeri, há uma versão de van com buggy (com a Experimente Jeri: R$ 600 para 4 pessoas; R$ 540, para 3; R$ 470, para 2; R$ 370, para 1), onde fazem uma parada para banho na Lagoa do Paraíso. De lá, o buggy leva os tripulantes pela Praia do Preá até a Árvore da Preguiça. Desse jeito, consegue-se cobrir basicamente todo o passeio do lado leste de Jericoacoara, faltando a Pedra Furada. Mas essa é possível conhecer por conta própria a partir da Vila.

 Transfer 4×4

É o tipo de serviço mais conveniente e confortável e pode ser feito na versão privativa ou compartilhada. Na opção privativa, você pode conseguir um grupo e combinar com o transfer. Já na compartilhada (que nem todos receptivos oferecem), há um número mínimo de interessados para que o transporte aconteça e a agência que fica responsável por procurar mais pessoas para isso.  Você apenas informa o horário e data desejados. Segundo a Experimente Jeri, os agendamentos entre 11h e 13h tem mais chances de encontrar interessados, por serem os horários onde chegam mais vôos em Fortaleza.

#dicadeviajante

Pergunte o preço de ambas as versões. Em alguns casos, os preços para compartilhados saem mais caro do que pegar o privativo e conseguir o grupo para dividir. Há empresas que cobram a mais por ter que manobrar a logística de conseguir mais gente. Por exemplo, um transfer que sairia, no privativo, por R$ 500 para 4 pessoas (R$ 125 para cada uma), passa a sair R$ 600 no compartilhado, porque a agência cobra R$ 150 por cabeça. Por isso: questione, faça as contas e negocie.

Na Prática

  • Quem faz? Diversas empresas (tem uma lista aqui), entre elas, a Experimente Jeri.
  • Como é? O trajeto é todo realizado em 4×4, com opções pelo asfalto ou pelas praias. A primeira é a melhor e mais direta, que vai de Fortaleza para Jeri, apenas com uma pequena parada para lanche em Paraipaba. De Jijoca a Jericoacoara, o caminho pode ser feito pelas dunas do Parque Nacional ou pela Praia do Preá. Dessa vez, não tem nenhuma troca de veículo.
  • Tem como sair do aeroporto? Sim, só combinar o horário com o transfer.
  • E do hotel? Também.
  • Quanto tempo leva? Entre 4h e 4h30, para o percurso completo.
  • Que horas? A combinar com o transfer.
  • Quanto custa? Entre R$ 500 e R$700, para o transfer privativo. Para o compartilhado, entre R$ 150 e R$ 200. Para partidas noturnas, os preços podem sofrer acréscimos.
  • Onde comprar as passagens? Através das agências.

Para quem quer ‘aproveitar’ o trajeto e conhecer outras praias no caminho, há versões com paradas em até 8 praias, que podem ser feitas em 1 ou 2 dias. Se for para escolher, fique com a segunda opção. Em apenas um dia, dificilmente você realmente vai aproveitar o passeio, que fica muito corrido, além de pagar caro para não lembrar direito de cada praia, nem olhando as fotos. Particularmente, são praias que valem mais a pena conhecer em road trips mais longas ou, se for o caso, fixando uma base em Fortaleza e fazendo os passeios por dia. Já dizia o ditado: “a pressa…”.

Carro

Parece a opção mais vantajosa, mas nem sempre é. A menos que você esteja numa road trip, parando em cidades intermediárias, essa vai ser uma escolha ruim. Você precisa ter um GPS muito do bom e conhecer bem as dunas – já que não há sinalização alguma, além do risco de passar com o carro no lugar errado. Se cumpriu esse requisito, soma mais: ser um motorista a prova de atolamentos e ter autorização da locadora (pergunte… dificilmente vai ter) para usar o carro na areia. Logo, não arrisque de carro.

Como chegar em Jericoacoara - 3

Parece fácil, mas não é.

Uma solução intermediária é deixar o carro num estacionamento em Jijoca (ou na Praia do Preá) e pegar uma jardineira até Jeri. Ou seja, você paga diária de carro, estacionamento e ainda um transfer, que fica na casa dos R$ 150, para quem sai num compartilhado em Jijoca (no Preá dificilmente consegue isso – sai mais caro).

Querendo muito, tem guias que vão com você de carro pela reta final até Jeri. Mas, um alerta aos teimosos de plantão: se for para Jeri de carro, você não pode entrar na vila com ele. De qualquer jeito, vai ter que deixar no estacionamento municipal que fica na entrada dela (R$ 10 a diária). Vai pagar do mesmo jeito… #fué

#dicadeviajante

Se for para reservar, faz isso online e paga menos. 😉

Avião

A Azul anunciou há um tempo sua pretensão de vôos para Jericoacoara a partir do hub em Recife. A ideia é que eles aconteçam toda quarta, sexta, sábado e domingo. Na alta temporada, receberiam um acréscimo na quinta-feira também. Pelo site da empresa, o destino ainda não consta para vendas.

Helicóptero ou avião particular

Se dinheiro não é problema, você vai ficar feliz em saber que pode chegar em Jeri confortavelmente em 50 minutos. Isso sem contar a vista, que é incrível! Os vôos ficam entre R$ 4.000 e R$ 12.000, ida e volta (Ufa! Pelo menos isso, né?).

A boa notícia é que dá para compartilhar. Dependendo da aeronave, dá para levar de 4 a 6 pessoas. Você consegue reservar o seu com a Fortaleza Beaches.


Esta viagem contou com o apoio da Experimente Jeri. Todavia, detemos o domínio sobre todo o conteúdo editorial do site.

dayanalole Administrator

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

10 comentários

  • Amanda Saviano
    Postado em 09/10/2017 em 10:05 Responder

    Das loucuras brasileiras: um local tão lindo com infra tão escassa!! Mas amei seu post, sempre morri de curiosidade para saber como o povo fazia pra chegar no paraíso! Valeu pelas infos!

    • dayanalole
      Postado em 10/10/2017 em 1:07 Responder

      Ahahaha, ótima observação! Mas é aquilo: ajuda até a preservar o lugar e o sacrifício faz valorizar mais. 😛

  • Rebecca Cirino
    Postado em 09/10/2017 em 12:20 Responder

    Poxa, ir de avião particular pra Jeri é outro nível né hahaha eu fui de busão mesmo + jardineira porque fui sozinha, mas bom saber que tem van compartilhada. Mas a entrada pelas dunas, no fim da tarde na parte de trás da jardineira curou qualquer cansaço que eu tinha! 🙂

    • dayanalole
      Postado em 10/10/2017 em 1:09 Responder

      Ah, é! O trajeto é lindão e cura tudo! Ainda mais se der uma paradinha estratégica nas dunas… 😉

  • Dilma Xavier
    Postado em 10/10/2017 em 10:37 Responder

    Nossa! Juro que eu não sabia que o acesso era tão complicado,não tinha a mínima ideia disso. Valeu a dica.

    • dayanalole
      Postado em 10/10/2017 em 2:29 Responder

      Nada! 🙂

  • Luiza Cardoso
    Postado em 10/10/2017 em 2:03 Responder

    Esse lugar é um paraíso! Sempre que leio sobre lá fico com mais vontade de ir conhecer!
    Realmente já tinha lido que é um lugar difícil de ir, mas esse post ficou muito bom! Super completo! Não sabia que apesar de ser chatinho de ir, tivesse tantas opções!
    Agora quem via de avião particular está podendo muito! Acho que eu ficaria no mais baratinho mesmo , ônibus + jardineira. Sou mochileira mão de vaca! hahaha! =)
    Bom saber que tem essa opção, embora eu provavelmente ficaria em dúvida de ir também de 4×4, o preço é bom também e adorei saber que dá pra conhecer outros lugares! ^^
    Post muito útil! Já salvei aqui para quando eu for conhecer Jeri! =)

    • dayanalole
      Postado em 10/10/2017 em 2:30 Responder

      Yaaaay! Obrigada, Luiza!!! 🙂

  • Marineirayay
    Postado em 12/10/2017 em 9:05 Responder

    Jeri é um sonho pra mim! Tenho que parar de enrolar e conhecer logo essa maravilha! Lindooooo!

    • dayanalole
      Postado em 17/10/2017 em 3:09 Responder

      Vá, Mari e aproveite muitoooo! 🙂

Deixe um comentário

© Copyright 2014-2017 Lolepocket. Todos os Direitos Reservados.