Beleza, você decidiu passar uns dias passeando pelo pequeno grande Uruguai. Já tá com roteiro traçado: uns dias em Montevidéu, outros em Punta e quem sabe ir até Colônia. O negócio é que independente do seu trajeto, você sempre vai precisar ter a documentação em dia. Afinal, ninguém quer ter a viagem arruinada por um RG onde você ainda está com aquele visual anos 90 em que dificilmente dá para te reconhecer.

Passaporte
A documentação em dia é imprescindível para uma boa viagem

Para todo mundo

  • Que documentos de identificação vale levar? Vale passaporte e carteira de identidade (vulgo, RG). Não vale carteira de motorista, carteira de trabalho, carteiras profissionais de CREA, CAU ou coisas do gênero. Ah! E o seu RG deve estar em boas condições e uma foto em que dê para dizer que você é você.
  • Precisa de alguma vacina? Não. 🙂
  • Eles exigem seguro-viagem? Não exigem, mas é sempre bom ter um. Alguns cartões de crédito oferecem esse serviço gratuitamente. Contate a sua operadora para saber e, caso ela ofereça, dê uma olhada na cobertura.

Para menores desacompanhados dos responsáveis

  • O que é preciso? Autorização dos pais ou responsáveis, reconhecida em cartório. O modelo de autorização pode ser obtido no manual da Polícia Federal. Outra opção é fazer um passaporte com a autorização impressa na área de identificação.

Para quem pretende dirigir

  • Para dirigir, tem que ter Carteira de Habilitação Internacional? Não, mas é sempre bom porque ela vem toda traduzida e pode tornar um possível encontro com a polícia rodoviária uruguaia menos chato. Só se liga que ela só vale junto com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
  • Se for entrar no Uruguai com carro próprio, o que apresentar? Nesse caso, você vai precisar da habilitação para dirigir, dos documentos do veículo e ainda da Carta Verde, que é um seguro necessário para viajar para qualquer país do Mercosul e nenhum seguro com cobertura internacional pode substituir. Geralmente, qualquer boa seguradora  ou até mesmo banco oferece este seguro. O Apure Guria explica como ter o seu bem aqui.
  • Quanto custa uma Carta Verde? O valor vai variar conforme a seguradora e o número de dias que você vai contratar. Para você ter uma noção, 3 dias estão custando na faixa dos R$ 50; 7 dias, uns R$ 90; 15 dias, por volta dos R$ 150; e 30 dias, por R$ 220. Mas essas são só margens de preço.
  • E no caso de ir com carro financiado/emprestado/alugado? Se você ou nenhum dos tripulantes do veículo é o proprietário, tem outras exigências que devem ser cumpridas. Além dos documentos que a gente falou antes, você vai precisar de uma procuração feita por advogado registrada em cartório e autenticada no Consulado Uruguaio (aqui você encontra uma lista deles pelo Brasil). Ou seja, se pretende optar por fazer isso, prepare a documentação ou peça na locadora com alguns dias de antecedência. #eitacomplicação
Para quem vai com o bichinho de estimação
  • E se levar o bichinho de estimação? Você vai precisar do Certificado Veterinário Internacional (CVI) emitido pelo Ministério da Agricultura. Nele, deve constar: a situação do sanitária do seu bichinho, mostrando que ele está livre de doenças; a vacina antirrábica, que deve ter sido aplicada com prazo de 30 dias antes da viagem e ter validade até 30 dias depois dela; a vacina contra a tênia equinococcus com o princípio ativo Praziquantel, que deverá ter sido aplicada entre 30 dias e 72 horas antes da entrada no Uruguai.
  • Onde conseguir o CVI? O CVI pode ser emitido na unidade da Viagro (Vigilância Agropecuária) no aeroporto, no porto ou na fronteira, de preferência a que seja mais próxima para você.
  • Como obter o CVI? O seu bichinho deve estar com todas as vacinas em dia (especialmente a antirrábica) e ter um atestado do veterinário emitido 72h antes do dia agendado para a emissão do CVI. Depois, só preencher o Requerimento para Fiscalização de Animais de CompanhiaDetalhe: para a primeira vacinação antirrábica, a CVI só pode ser emitida 30 dias depois dela.
  • Quanto custa o CVI? Boa notícia: o CVI é gratuito.
  • O CVI tem validade? Sim. No caso dos países do Mercosul, onde o Uruguai está incluído, o CVI vale por 60 dias corridos para ingresso ou retorno, desde que a antirrábica esteja dentro da validade durante todo o período.
COMPARTILHAR

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão “carpe diem”. Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

20 COMENTÁRIOS

    • Olá, Ronaldo. Tudo bem?

      A autorização necessária para viajar com menores ao exterior, segundo o site da Polícia Federal, é uma autorização por escrito dos pais, com firma reconhecida em cartório. Se puder ser traduzida, melhor ainda.

      Além disso, a criança deve ter o RG ou passaporte para a sua identificação, pois Certidão de Nascimento não é válida (não tem foto). Se for passaporte, melhor. Há uma área dele que prevê esse tipo de autorização.

      Outras informações no site da embaixada: http://www.emburuguai.org.br/?page_id=681&lang=pt-br

  1. Vamos viajar para o Uruguai pela primeira vez, vamos ficar em Montevideo pesquisei dois hotéis um fica na rua Espana em Pocitos e o outro na Av 8 de octubre. Qual o melhor localizado para realizar pequenas compras e conhecer um pouco da cidade a pé? (Sem precisar de carro ou táxi). Pode me dar algumas dicas de restaurante? Me disseram que lá o preço oscila bastante em algumas cidades. Obrigado

    • Olá, Fernanda.

      Eu precisaria saber exatamente de que hotéis estamos falando, pois não consigo visualizar no mapa. Não acho a Calle Espana, mas o Bullevard Espana. Seria esse?

      Se você quer ficar a pé pelos principais pontos turísticos e fazer compras, a melhor localização é entre o Centro (o Ibis é aquela opção sem erro) e a Ciudad Vieja. Agora, o lado ruim dessa área: durante o dia é ótima para andar, mas à noite tudo morre e só te aconselho de sair de táxi/uber mesmo.

      Para ter restaurantes à disposição à noite, a melhor coisa é ficar entre Pocitos e Punta Carretas. São 15-20 minutos de carro e você pode pegar ônibus para ir até o Centro/Ciudad Vieja, sem tanta dificuldade (116 ou 121).

      Com relação a locais para comer, se tiver pouco tempo em MVD, diria para passar um almoço no Mercado del Puerto (no Pallenque e no La Chacra del Puerto – é salgado, mas vale o preço!) e um lanche na Oro Del Rin (nessa, pela vista em Pocitos). As filiais da cervejaria La Pasiva também dão snacks com preços razoáveis. No Centro, também tem o Bremen Pub, para o caso de curtir comida alemã – o cardápio parte dos 150 pesos. Além disso, durante o dia, no Centro, entre as calles Convención, San José e 18 Julio, os locais costumam almoçar, ou seja, a bons preços. Por lá, vale conferir a Parrillada Danubio Azul. Na Ciudad Vieja, tem o Café Brasileiro, um símbolo da boemia de MVD.

      Coloquei os links em tudo para te facilitar. 😉 Só passar o mouse.

      Espero ter ajudado!

  2. Irei viajar em Janeiro de 2018,meu RG tem 10 anos de expedição,porem esta em bom estado,e com a foto de minha fisionomia atualizada.Será que devo fazer outro RG pra possíveis imprevistos?Alguns sites dizem que acima de 10 anos precisa renovar,outros dizem que não precisa,fiquei confuso sobre onde seguir de fato.

    • O Ministério das Relações Exteriores alerta que as fisionomias podem estar atualizadas e podem ser exigidos outros documentos com foto para tirar dúvidas. Se você tiver um passaporte mais atualizado, por exemplo, pode levá-lo. No Brasil, por lei, esse documento é válido por 10 anos. Mas, se podem encrencar com isso, eu me garantiria com algum outro documento atualizado ou atualizaria o RG mesmo. É chato, mas evita a dor de cabeça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui