De tempos, a Tailândia está recheada! São mais de 40 mil templos espalhados pelo país, cada um com uma história diferente para contar, idades totalmente diferentes – tem aqueles em ruínas e outros novíssimos com direito a estátuas de super heróis! –  e detalhes realmente impressionantes. Se vamos visitar os pólos religiosos, ficamos ainda mais perdidos. Aonde vou?!

Considerando que você tem praias e outras aventuras para aproveitar, provavelmente vai querer priorizar aqueles os inesquecíveis na sua viagem e otimizar o tempo, né não? Se é isso ou se é para se inspirar, dá uma olhada nessa lista e se sinta por lá vendo o vídeo. 😉

|+ veja aqui como se vestir para visitar os templos na Tailândia|

Os templos inesquecíveis da Tailândia

5. Wat Srisuphan

100 Wua Lai Rd, Tambon Hai Ya, Amphoe Mueang Chiang Mai, 50100, Tailândia
6h às 18h | Gratuito (porém aceitam doações)

 

Ou, Wat Si Suphan. Ou ainda, o Templo de Prata. Pomposo? Pode até ser. Mas fato é que muita gente não conhece o local, em Chiang Mai. Lindíssimo e todo prateado!

Apesar de ser do ano de 1502, ele tem pouca coisa do templo original: alguns pilares e vigas no santuário principal. Por ter sido modernizado, entre os itens esculpidos por lá tem as imagens de personalidades e também homenagens às cidades ao redor do mundo que fizeram doações para o templo – algumas são no Brasil (Rio!!!).

Na sua sala mais santa, o ubosot, tem símbolos que mostram a mistura do Hinduísmo e Budismo na Tailândia. Infelizmente, só homens podem entrar lá e ver tudo, já que o lugar ainda é usado para fins religiosos.

4. Wat Phra That Doi Suthep

Wat Phra That Doi Suthep Road Tambon Su Thep, Chiang Mai 50200, Tailândia
6h às 18h | ฿ 30

 

Um dos templos mais sagrados da Tailândia, a 15 km do centro de Chiang Mai, o Templo da Montanha já renderia a visita só pela beleza do lugar e da vista.

Mas, o lugar também tem suas lendas! Uma delas, diz que um monge teria encontrado um osso do ombro de Buda. O bendito se partiu em duas partes e, a maior delas, foi colocada nas costas de um elefante branco sagrado que foi liberado para ir aonde ele quisesse. A ideia era descobrir um local para fazer um novo templo para guardar o pedaço maior. Daí, um pouco antes de chegar ao topo do Doi Suthep, o bichinho morreu. E esse foi o sinal para construírem ali o templo.

Apesar de ter passado séculos no isolamento – ele foi construído em 1383 e só em 1935 que abriram a primeira estrada para lá, hoje em dia, é super lotado de turistas de tudo que é lugar do mundo. Por isso: paciência, beleza?

3. Wat Arun

158 Thanon Wang Doem, Khwaeng Wat Arun, Tailândia
8h às 18h | ฿ 50

 

Reza a lenda que o rei Taksin viu um amanhecer de lá e ficou totalmente encantado. Daí o título: Templo do Amanhecer. Bom, e mesmo que não dê para fazer o mesmo, o pôr do sol de lá (ou só admirando do outro lado do rio) também rende uma vista e tanto!

Aliás, se você estiver circulando de barco por Bangkok, vai ser difícil que o chedi (torre) principal de 82 metros de altura passe sem ser percebido.

De perto, os mosaicos florais são outro detalhe diferente do templo. Tudo feito com porcelana chinesa, dos tempos em que os navios chineses descartavam aos montes pelos arredores.

A boa notícia é que os 3 anos de renovação chegaram nessa reta final de 2017. Ou seja, o lugar está ainda mais lindo de ser visitado.

2. Wat Rong Khun

 San Sai, Mueang Chiang Rai District, Chiang Rai 57000, Tailândia
8h às 17h (17h30 nos sábados e domingos) | ฿ 50

 

Ao sul de Chiang Rai, o Templo Branco. Esse chama a atenção de longe. A gente vê aquilo tudo branquinho – totalmente intencional para representar a pureza de Buda – e pensa que está no céu. Mas, chegando perto, leva aquele susto com várias mãos saindo desesperadamente do chão e rapidinho muda de ideia (ou não?!).

Diferente de outros templos na Tailândia, esse aqui é mais novinho: a construção começou em 1997 nas mãos de um artista tailandês – o Chalermchai Kositpipat. Por isso, também vai ter suas esculturas de super heróis, personagens e gente famosa como o Jack Sparrow ou o Predador (um dos poucos em tom mais escuro no lugar).

1. Wat Phra Kaew

Phra Borom Maha Ratchawang, Phra Nakhon, Bangkok, 10200, Tailândia
8h às 17h (17h30 nos sábados e domingos) | ฿ 50

 

O nome completo mesmo é Wat Phra Sri Rattana. Mas, para os que curtem simplificar, vale chamar de Templo do Buda Esmeralda. Ele chega a ser considerado o templo Budista mais importante de toda a Tailândia!

Além do Buda meditando esculpido em pedra de jade, as particularidades das histórias dele, no mínimo, intrigam. Uma delas diz que a estátua foi feita originalmente de madeira por fora e que levaram anos para descobrir o recheio de jade. Será que o peso não deu um palpite?

Ah, e ninguém é pode tocá-lo, exceto o Rei! Tanto é que tem um ritual para trocar o manto dele – sim, o Buda tem uma roupa correspondente para a época do verão, inverno e estação chuvosa –  que só pode ser feito pelo monarca, para trazer boa sorte para o país.

E aí? Qual desses templos você visitaria na visita à Tailândia?

 


Confira outros templos impressionantes ao redor do mundo na Blogosfera!

– Fui ser viajante | 5 igrejas incríveis para visitar no Rio de Janeiro

– Turistando.in | As 5 igrejas mais fantásticas de Roma

– Espiando pelo mundo | Templos Religiosos pelo Mundo

– De Mochila e Caneca | 5 Igrejas para conhecer na Rússia

– Roda nos Pés | 5 templos religiosos para “se perder” e “se encontrar”

– O Berço do Mundo | 5 templos religiosos para recuperar a fé

– Passaporte com Pimenta | 5 incríveis templos religiosos pelo mundo

COMPARTILHAR
Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

6 COMENTÁRIOS

  1. Bem, entre 40 mil possíveis, acho que posso dizer que visitaria todos os 5 da sua lista. Só é uma pena ter que competir pelo espaço com hordas de turistas e, ainda por cima, ter acesso vedado a algumas partes dos templos por sermos mulheres. Mas as lendas de cada lugar são irresistíveis. De resto, a Tailândia parece um país incrível.
    Abraço

  2. Day, um lugar mais incrível que o outro! Tailandia é um sonho de viagem, especialmente por causa desses templos maravilhosos (e das praias também, vai). Dos que você mostrou, meu grande sonho é o templo da montanha. Quero muito ser uma naquela multidão, para admirar aquela beleza toda!
    Linda seleção! Fiquei babando nas fotos! 🙂

  3. Day, cada um mais lindo que o outro! Eu que adoro conhecer templos, e gosto de conhecer os de culturas diferentes acho que iria me deliciar na Tailândia.
    O Templo do Buda esmeralda acho que é um clássico, mas esse templo branco com certeza estaria na minha lista. Aliás, todos eles, mas o branco parece ser realmente bem incrível.

  4. Oi Lole… 40 mil templos?! Estou impressionada! Eu ficaria louca para escolher os que visitaria! Rsrs
    Achei o Templo de Prata interessantíssimo! Curiosidade em ver a sala onde só os homens entram! 
    A imagem do Templo da Montanha me fez pensar em como ele é bonito! Ao vivo, então… Envolto em lendas me atrai ainda mais, contudo, todavia saber que ele é lotado me deu certo arrepio… não combino muito com multidões. Rsrsrs
    Templo do Amanhecer?! Estou adorando estes nomes. Com um mosaico de flores feito em porcelana chinesa deve ser a coisa mais linda de se ver!
    O Templo Branco deve causar um misto de atração e talvez repulsa, de amor e nem tanto amor assim! Rsrs
    Todos os templos dessa lista são maravilhosos, mas o Templo do Buda Esmeralda foi o que eu mais gostei. Sua fachada é linda e o ritual que envolve a troca do manto pelo rei para trazer boa sorte é atraente, pois fala muito do povo. 
    Adorei sua lista Lole… quem sabe um dia eu não veja tudo isso de pertinho?! Beijos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui