O Aquário Marinho do Rio, ou AquaRio, como preferir, ainda nem inaugurou, mas já está dando o que falar. Sim, ele só abre mesmo as suas portas em novembro. E, se você segue a gente lá no Instagram (segue lá, vai?), deu nó na cabeça agora: como foi que a pessoa já foi lá?

O negócio é que fomos gentilmente convidados, junto com vários outros blogueiros, veículos de imprensa e algumas escolas previamente selecionadas, para conferir de pertinho os ajustes finais para a estréia. Só para a gente poder dar alguns spoilers e trazer várias informações que vão interessar a você que está aí ansioso para conhecer aquele que promete ser o maior aquário da América Latina! Então, sem muitas delongas, vamos a elas!

A photo posted by LolePocket (@lolepocket) on

Uma nota básica sobre o AquaRio

Ao contrário do que muita gente pensa, o AquaRio é uma instituição totalmente privada, sem fins lucrativos, e que foi concebido pela associação de três empresas: a BelTour, uma empresa de transporte; a Esfeco, que é quem opera o trenzinho do Corcovado; e o Grupo Cataratas, a concessionária que atua em vários Parques Nacionais, entre eles, o da Tijuca e o de Foz do Iguaçu.

O que esperar da visita ao AquaRio?

O Hall de Entrada

A gente mal entra no AquaRio, e o hall de entrada já surpreende com uma ossada enorme bem acima das nossas cabeças. Será que é de verdade? É um dinossauro? Quantos anos tem isso aí?

Calma, minha gente! É a ossada de uma baleia jubarte que foi encontrada morta em agosto de 2014 aqui na costa carioca, na Praia da Macumba. Todo mundo pensando que era um ancestral jurássico e não, era de uma baleia mesmo.

AquaRio - Baleia
Uma linda homenagem à baleia jubarte!

Aliás, aparentemente, ela teria sofrido um acidente com algum navio e perdeu a nadadeira esquerda, porque chegou sem ela. Bom, depois de um ano enterrada, os ossos da baleia foram retirados, tratados e montados por alguns dos melhores especialistas da América Latina.

Quando você vê a ossada, dá até para conferir a história da nadadeira, porque o osso que está no lugar tem uma coloração diferente dos outros, já que foi artificialmente criado.

Mas vamos seguindo o circuito porque tem muita coisa para ver/contar.

O Circuito de Visitação

O circuito de visita começa mesmo no terceiro andar. Aqui, logo na primeira sala, a diversão já começa.

Num laboratório virtual, uma tartaruga dá as boas vindas aos visitantes. Lá, as crianças vão poder criar seus próprios peixinhos, escolhendo nadadeiras, formatos e cores. Daí, pode-se adquirir um totem onde o peixinho fica salvo em RFID e a criança pode levar com ela na visita.

AquaRio - Circuito de Visitação
O circuito de visitação

E aí seguimos para a aventura: são 28 tanques recheados com 4,5 milhões de litros de água salgada e milhares de animais de 350 espécies diferentes. Coisa para caramba!

AquaRio - Peixe diferente
Acho que nem com muita imaginação eu criava um desses…

Ao longo do trajeto, você encontra peixes de várias espécies, alguns que nadam em cardume, outros que preferem ficar mais solo, lagostas, cavalos marinhos, peixes cartilaginosos (tubarões, raias e quimeras – aprendi isso lááááá) e ósseos, e por aí vai. Até os Nemos e Dorys fazem as suas aparições, para a alegria das crianças e minha, num dos tanques mais coloridos, o dos peixes caribenhos. 😛

AquaRio - Caribe
Ollha o tanque do Caribe aí!

E a novidade não para por aí. Um dos tanques tem a base côncava onde dá para observar os peixes nadando em cardume bem na sua altura. É um ótimo lugar para uma selfie, muito embora a minha tenha ficado péssima (mas a culpa foi da minha expressão mesmo, os peixes não tem nada a ver com isso…).

AquaRio - Tanque de base côncava
Dá para ver o povo lá debaixo da base?

Para tornar a coisa mais interessante e ajudar no aprendizado, o caminho é todo equipado com painéis interativos, que dão as informações sobre os peixes: os hábitos, como eles se alimentam, como são por dentro e por aí vai. Para as crianças que tem o totem lá do começo do circuito, o próprio peixinho dela é quem conta tudo.

A parte mais bonita do circuito é o maior de todos os tanques, com 7 metros de profundidade e recheado de peixes, quando você tem a oportunidade de passar pelo túnel. Olhar para o alto e ver todos os peixes ali ao seu redor iguala a idade de todo mundo para uns 5-10 anos! As raias parecem voar acima da sua cabeça… Especialmente para quem nunca teve a chance de fazer um mergulho ao fundo do mar, é um momento para curtir demais.

AquaRio - Tanque com Raia
Olha a raia “voando”!

Depois disso, ainda tem uma área com tanques rasos, onde é possível tocar nos animais. Nessa hora, se controla, porque a curiosidade dessa experiência vai ser muito bacana.

AquaRio - Tanques de Toque
Os tanques para toque nos peixinhos

O circuito acaba quando a gente chega ao laboratório (esse é de verdade!) e podemos ver como são feitos os estudos com os peixinhos.

Depois, você já é desembocado na lojinha do AquaRio. Quem está com criança pequena, se prepare para os “eu quero, eu quero” em relação aos produtos exclusivos da loja. 😛

Outras modalidades de visitação

A partir de Março de 2017, o AquaRio ainda prevê outras modalidades de visitação. Entre elas, estão:

  • Mergulho com tubarões, onde as pessoas poderão entrar nos aquários desses cartilaginosos assustadores (vou usar isso até dizer chega!). Lógico que com acompanhamento profissional, né?
  • Dormir com os peixes, parece coisa da máfia, mas é no túnel do AquaRio. Essa atividade está prevista para crianças a partir de 6 anos e seus responsáveis.
  • Fazer visitas acompanhando os bastidores do aquário, para conhecer a rotina de manutenção e os cuidados com os peixes. Uma oportunidade e tanto para aprender muito mais! E os curiosos de plantão pulam da cadeiraaaaa!
  • Uma exposição de conchas de todo o mundo. Para você que coleciona conchinhas de praia (eu!), é simplesmente, demais!
  • Um Museu do Surf, em apoio à ideia do surfista Rico de Souza. 🙂

Os preços para essas atividades ainda não estão definidos. Entre Janeiro e Fevereiro do ano que vem, eles devem abrir os primeiros lotes de algumas delas e informar sobre os valores e a política para essas outras modalidades de visitação. O jeito é aguardar para ver como serão os próximos passos.

|Veja aqui outras atividades para fazer nos arredores do Porto Maravilha.|

AquaRio - Filhote de Tubarão
Tubarão filhote num dos aquários

Comodidades do AquaRio

O AquaRio possui espaços que serão ocupados por quiosques de lanchinhos, tanto no térreo, como no terceiro andar. Eles vão ser abertos a todo o público (mesmo quem não tiver ingresso), como numa praça de alimentação de shopping.

Além disso, vai ter estacionamento no local, no modelo de vallets, com 170 vagas. A entrada é pela praça Muhammad Ali.

Para quem for de bike, o AquaRio ainda terá bicicletário próprio.

AquaRio - Fachada
É por aqui a entrada do estacionamento

Ingressos para o AquaRio

O custo do ingresso será de R$ 80 reais, mas moradores ou nascidos no Estado do Rio de Janeiro pagarão R$ 60.

Claro que tem as suas particularidades: crianças e adolescentes (3 a 17 anos), estudantes (entre 18 e 24 anos), pessoas acima de 65 anos e portadores de necessidades especiais pagarão R$ 40.

Além disso, professores e estudantes da rede pública de ensino poderão fazer visitas escolares gratuitas ao local, mediante agendamento prévio que vai estar disponível só a partir do ano que vem.

Daqui a pouco tempo estarão abrindo a venda de ingressos online. Falando nisso, ela vai ser feita no modelo do Museu do Amanhã, com horários marcados para melhorar a distribuição dos visitantes ao longo do dia.

Se você pretendia antecipar a compra diretamente nas bilheterias, elas ainda estão fechadas.

Passaportes Anuais

O AquaRio criou um sistema de passaportes anuais, onde quem adquire ganha benefícios exclusivos nas visitas. Entre eles, os mais interessantes são as visitas ilimitadas e sem necessidade de agendamento, reservas de vagas e 10% de desconto para as atividades adicionais, como também o desconto de 10% na lojinha, nos quiosques e no estacionamento.

E ainda: 5% do valor pago anualmente é destinado à pesquisa científica em associação com a UFRJ.

AquaRio - Laboratório
O Laboratório de Pesquisas do AquaRio

Quem comprar o passaporte anual, receberá um crachá com foto e precisará registrar sua digital no banco de dados da instituição.

O passaporte Individual custa R$ 180. A outra opção é o passaporte Família (R$ 360), que vale para 2 adultos e 2 crianças e/ou adolescentes (entre 3 e 17 anos). Nos dois casos, ainda é possível acrescentar até 3 dependentes que tenham idades entre 3 e 17 anos por R$ 60 cada.

Além do pagamento em dinheiro, também é aceito o cartão em até 6x sem juros, com parcelas mínimas de R$ 60.

O AquaRio disponibilizou a venda de 2 lotes de passaportes anuais, que já esgotaram. Quem comprou o 1° lote vai ter a alegria de poder visitar o AquaRio na pré-estréia (8 de novembro). Já quem ficou no 2°, vai poder ir na estréia, dia 9 de novembro.

Segundo informado pela assessoria, o AquaRio abriu a possibilidade de disponibilizar um terceiro lote. Para isso, é necessário acompanhar no site.

Como chegar

O endereço oficial do AquaRio é na Praça Muhammad Ali, Gambôa, que fica bem no final da Orla Prefeito Luiz Paulo Conde, em frente aos Armazéns 7 e 8. Existem duas entradas para o público: uma para a Av. Binário e outra para a Orla.

Você pode optar por ir de carro, transporte público ou bike. As duas últimas opções são as melhores, hein?

Transporte público

A melhor opção é o metrô. Usando as linhas 1 ou 2, desça na estação da Carioca. Em seguida, pegue o VLT, linha 1 sentido Rodoviária/Praia Formosa, e desembarque na estação Utopia AquaRio.

Outra opção é descer na estação Uruguaiana e seguir andando pela Avenida Rio Branco até a Praça Mauá. Depois, seguir pela Orla Luiz Paulo Conde até a Praça Muhammad Ali, onde está o Aqua Rio. O legal desse caminho é que você vai passar pelo mural do Kobra também.

Para quem vem da rodoviária ou de trem pela estação Central, o VLT também possui estações próximas. Você pode conferir detalhes aqui.

#dicadeviajante

O VLT só aceita pagamento com cartão de bilhete único e cada tripulante precisa ter o seu. Não dá para compartilhar, como no ônibus, trem e metrô. Sinceramente, considero essa uma falha do sistema. Muito embora os avisos de multa sejam bem evidentes (R$ 170 para a primeira incidência e R$ 225 para o caso de repetir a dose), a sinalização de que o cartão é individual não fica tanto.

Já foram registrados casos de intransigência e constrangimento por parte dos funcionários aos usuários que desconheciam a regra (podem ver um aqui). Nós mesmos já presenciamos uma situação dessas e, estando desavisado ou não, eles multam mesmo. Além disso, ainda tem absurdos maiores. Nos finais de semana, as máquinas de algumas estações abrem mais tarde do que o horário de funcionamento do transporte, o que impossibilita de comprar o cartão na própria estação (outra falha). Por isso, não dê bobeira: tenha o seu cartão individual em mãos.

Bike

Em frente ao AquaRio, na praça Muhammad Ali, tem uma estação BikeRio, aquela das bicicletas laranjinhas do Itaú. Além disso, se quiser vir com a sua própria, o local também vai ter seu próprio bicicletário, conforme falamos antes, e na Praça Mauá, tem outro com 120 vagas.

Carro

Já disse isso outras vezes e repito: essa é a pior opção para ir ao Centro do Rio. Mas, estando disposto, o AquaRio vai contar com um estacionamento próprio (veja as condições e vagas lá em cima).

#dicadeviajante

Aqui, vale outra consideração: o aquário espera receber 7000 visitas por dia e o espaço para estacionar é bem pequeno. Por isso, chegue cedo, caso pretenda ir com seu próprio carro.

Acessibilidade

Os acessos aos andares do AquaRio são através de rampas, além de ter 3 elevadores, que as pessoas com dificuldade de locomoção podem usar e transitar com maior facilidade.

Funcionamento

Diariamente, das 10h às 18h. Sendo que a última entrada no circuito de visitação é até as 17h.

AquaRio - Tanque Maior
Todo mundo fica deslumbrado com esse tanque enorme!

Quem aí está ansioso para a estréia do AquaRio?

COMPARTILHAR

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão “carpe diem”. Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

14 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui