Paris

Vôos para Paris: duas companhias e como podem influenciar na viagem

capa-vôos para Paris

Vôos para Paris: duas companhias e como podem influenciar na viagem

A tarefa de escolher como ir para Paris nem é das mais complicadas. Em geral, a gente vai pela companhia aérea que é mais em conta. Mas, nesse quesito, sempre gosto de lembrar a velha máxima de que o barato pode sair caro. Especialmente se você levar em conta o tempo que se passa num dos vôos para Paris.

Vôos para Paris: Air Europa

Escalas

A Air Europa é uma empresa espanhola e, geralmente, seus vôos fazem escala em Madrid. Ou seja, se prepare para fazer, ao menos, uma parada pela cidade até o seu destino final, em Paris.

|Parada longa em Madrid? Que tal esse guia aqui para te ajudar?|

Checkin e Embarque

Os funcionários foram bastante atenciosos e nos deram todas as informações desejadas para o embarque. No aeroporto brasileiro, eles falavam português ou espanhol.

Tanto o embarque como a decolagem aconteceram pontualmente.

O avião

As aeronaves costumam apresentar as configurações de 3-4-3 ou 2-4-2. Para a maioria de nós mortais que vamos de classe econômica, é de se esperar que não tenha tanto espaço. A aparência interna das aeronaves é que são bem rodadas.

O entretenimento é individual. Os filmes e séries são bem atuais e estão disponíveis em inglês, espanhol e alguns outros idiomas, mas nada de português.

Air Europa - Vôos para Paris

Avião da Air Europa chegando (foto: Commons Wikimedia/Mulag)

Serviço

Eles fazem o básico. Te dão a manta com um travesseiro e fazem o serviço de bordo das refeições, normalmente.

A comida costuma ser razoável ou até boa, já que é difícil encontrar alguma refeição empacotada de avião que seja realmente deliciosa do ponto de vista gourmet. Mas não conte com refeições especiais tipo sem glúten, sem lactose ou até para bebês.

A comunicação costuma ser feita em inglês e espanhol, mas tem alguns comissários que arriscam o português. Todos os funcionários da Air Europa foram educados e pacientes mesmo com quem tinha dificuldades de entender os idiomas.

Agora, algumas coisas meio inusitadas em vôos internacionais, mas que acontecem na Air Europa:

– O fato de cobrarem pelo uso dos fones de ouvido (€ 3). Como gosto mais de levar meus headphones, isso nem é um problema gigante. Mas, numa era onde isso é fornecido gratuitamente por várias companhias, acaba sendo um negócio meio chato.

– Se quiser uma água, suco ou vinho a mais ou fora dos horários definidos para as refeições, prepare-se para arcar com mais € 3. Outra coisa esquisita, considerando que você vai passar longas horas dentro do avião.

Desembarque

Uma coisa importante que você precisa verificar é se vai precisar pegar a bagagem na esteira. No caso de vôos com escalas muito longas ou mudança de operadoras, é bem possível que isso aconteça. Então, se certifique, quando chegar, de procurar pela sua mala na esteira para despachá-la novamente para o destino final, se for o caso.

Quando despachamos as bagagens ainda no Brasil, perguntamos sobre essa questão. Nós fomos informados que seria enviada para Paris, mesmo com a conexão em Madrid. Se foi um mal entendido ou não, fato é que quando vimos, nossas bagagens estavam na esteira em Madri de tivemos que despachar novamente.

Para os marinheiros de primeira viagem, é algo importante que seja mencionado. Ainda mais porque os vôos da Air Europa até Paris costumam ter parcerias com outras operadoras. Imagina o transtorno de chegar na viagem dos sonhos sem bagagem?

Vôos para Paris: Air France

Greves

Um fator importante que a gente tem que ver é a questão das greves nessa companhia aérea, que de vez em quando ouvimos falar. Nós já tivemos a oportunidade de vivenciar uma delas.

Na nossa experiência, o serviço de atendimento ao cliente da companhia procurou reduzir ao máximo os efeitos entrando em contato conosco para remarcar vôos, inclusive nos transferindo para outros mais caros e com outras operadoras. Entendo que a greve é uma atuação dos funcionários e mesmo assim a companhia manteve a preocupação no atendimento às nossas necessidades como clientes.

|A nossa experiência com a greve na Air France.|

O chato é que mesmo assim, acaba sendo uma emoção a mais para a viagem, né?

Se alguém mais teve experiência de greve, conta aê nos comentários. A gente quer saber! 😉

Air France - Quando ir a Paris

Decolagem de uma aeronave da Air France (foto: Commons Wikimedia/Anthony92931)

Escalas

A Air France opera com vôos diretos a partir de cidades como Rio de Janeiro e São Paulo. Também há vôos com conexão que, inclusive, costumam ser mais frequentes. Alguns deles são em parceria com outras operadoras. Então, as conexões podem acontecer em Paris ou outras partes da Europa, como Amsterdam ou Madrid, por exemplo.

Checkin e Embarque

Do mesmo jeito que o da Air Europa, os funcionários foram bastante receptivos atendendo às nossas questões de embarque, sem qualquer estresse. No aeroporto brasileiro, eles falam português também. Mas, via de regra, o inglês sempre funciona.

Não tivemos atrasos nos nossos embarques e decolagens.

O avião

Da mesma forma, os aviões seguem as configurações 3-4-3 ou 2-4-2. Como classe econômica não difere muito, o espaço continua pouco. Algumas aeronaves parecem ser mais novas, mas, independente disso, a manutenção e limpeza estavam em dia.

Novamente, o entretenimento é individual, com filmes e séries atuais. A questão do idioma continua: tem francês, espanhol, inglês, às vezes até idiomas asiáticos, mas difícil conseguir alguma coisa em português.

Air France - Vôos para Paris

Por dentro de um avião da Air France

Serviço

O serviço de bordo da Air France merece recomendações. Tá, você também recebe travesseiro e manta e as refeições acontecem como é normal nas companhias aéreas.

A comida é boa, mas vale o comentário que comida de avião é um caso a parte nas análises. Como dizem, às vezes o melhor tempero é a fome. Mas as refeições sempre vem quentinhas, o que também contribui.

A comunicação com os comissários de bordo é em francês ou inglês. Um ou outro fala português ou espanhol, mas não conte muito com isso. Espere educação, paciência e simpatia dos comissários, isso sim.

Bom, bora falar dos pontos que merecem observação:

– A Air France disponibiliza refeições especiais sem glúten, sem lactose e para bebês. Mas isso deve ser assinalado quando são informados os passageiros, na compra das passagens.

– O fone de ouvido fica incluído no kit da manta e do travesseiro. Alguns modelos fornecidos podem até ser fixados na orelha com uma alcinha. A questão é que de vez em quando pegamos uns com chiados e mal contato. Daí sempre preferir levar os meus. Fone sempre dá assunto…

–  O consumo de bebidas e até lanchinhos fora dos horários das refeições é liberado. A única limitação é o estoque mesmo. Mas difícil conseguir acabar com ele!

Desembarque

No caso de você fazer uma escala no Brasil, é provável que terá que fazer o esquema de pegar suas malas na esteira e despachar no guichê da Air France do seu vôo internacional. Isso porque essas escalas geralmente são feitas em parceira com companhias aéreas brasileiras.

Nos vôos da Air France com escala na Europa, quando ambos os vôos são operados por ela, geralmente, não há necessidade de realizar esse procedimento. A gente, por exemplo, não fez isso e tudo chegou muito bem no destino. Mas é sempre bom confirmar no primeiro despache das malas.

No caso de troca de operadoras, essa atenção tem que ser redobrada.

Uma coisa boa

Independente da operadora que você escolha, o programa de milhagens é o mesmo. Tanto a Air France como a Air Europa participam do Flying Blue. Então, dá para experimentar uma e outra que a pontuação sempre vai para a mesma conta.

Isso é uma vantagem bem bacana porque deixa mais opções de escolha. E variedade é sempre bom, né?

E aí? Alguém com alguma experiência para compartilhar em vôos? Qual dessas operadoras você escolheria para seus vôos para Paris?

*esse post é baseado na nossa opinião sobre os serviços oferecidos por cada operadora durante as nossas viagens. Não foi patrocinado por nenhuma delas.

dayanalole Administrator

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

Deixe um comentário

© Copyright 2014-2017 Lolepocket. Todos os Direitos Reservados.