Paris

Sacré Coeur | Tudo para a visita ao ponto alto de Montmartre em Paris

Sacré Coeur - Capa

Sacré Coeur | Tudo para a visita ao ponto alto de Montmartre em Paris

Não tem como: se você está indo a Paris, ainda mais pela primeira vez, vai acabar incluindo uma ida a Montmartre nem que seja para uma coisa só, ver a Basília de Sacré Coeur. As outras vezes, vai ser porque amou o lugar. Mas, relaxa. É assim mesmo. A Sacré Coeur é a isca e o restante do bairro termina o trabalho de conquistar você.

Antes da Sacré Coeur, uma nota básica sobre Montmartre

Esta é uma das regiões mais lindas de Paris, se é que dá para eleger alguma. Fica bem em uma colina e, portanto, permite uma vista sem igual da cidade, que tem uma arquitetura bem baixinha. O lugar deve o nome, segundo alguns, às torturas e mortes de mártires cristãos ocorridas neste local durante o século III.

Tá, histórias a parte, eu sei que lugar é meio contraditório, ao mesmo tempo que tem igreja, tem sex shops e aquele cabaré famoso do filme da Nicole Kidman, o Moulin Rouge. Mas, gente, o que é que em Paris não gera bafafá? Até a própria Sacré Coeur vira assunto para discussão. Enquanto os visitantes morrem de amores, os parisienses morrem é de horrores. Vai entender?

|Para saber mais o que fazer em Montmartre, clica aqui.|

Agora sim, Sacré Coeur

A Sacre Coeur ou, em português, Basílica do Sagrado Coração é “O” símbolo de Montmartre. Ela fica, literalmente, no ponto mais alto de Montmartre e, como não bastasse isso, de Paris também. Por isso, daqui é possível a vista mais bacana da cidade nesse bairro. E, vou te falar: a cidade é linda dos pés à cabeça!

|Veja aqui 10 motivos para visitar a Sacré Coeur e 1 para não ir.|

Sacré Coeur - Vista da Igreja

A igreja por si só já é linda, mas olhar Paris do alto…

Informações que interessam na subida para a Sacré Coeur

Para subir, tem três opções. A primeira alternativa é de funicular, a mais turística de todas, ou seja, tem fila.

A outra ideia é ir pelas escadas. E, vou te falar: dê preferência às escadas laterais da igreja. Elas não são a entrada tradicional dos turistas e, portanto, são uma boa para fugir do assédio daqueles sujeitos que amarram lacinhos no seu pulso (ao estilo Pelourinho na Bahia! rs) e do excesso de gente no caminho. Se isso não te incomodar, então vá pelas escadas principais mesmo, elas tem a vista mais bonita da igreja. 😉

Sacré Coeur - Escala lateral

Subindo pela escada lateral da Sacré Coeur

Por fim, pode-se optar também pela subida entre as ruelas da parte de trás da colina, que não chega a ser de todo uma má escolha, já que dá para explorar mais do bairro, mas é o caminho mais longo.

Tá curioso para saber a nossa escolha? Fomos de escadas, na área mais vazia, na lateral da igreja. E confesso logo: precisa de disposição! São muitos degraus! Mas a vista que você vai tendo é tão encantadora, que vale muito a pena.

Quando estivemos lá na última vez, ainda tinha um carrossel de rua bem na base da subida, acrescentando mais charme ainda à rua de paralelepípedos!

Dicas para aproveitar melhor a visita à Sacre Coeur

A Sacré Coeur é um dos monumentos mais visitados da França. Por isso, é bom ir durante a semana e bem cedo (até umas 10h), já que no decorrer do dia a igreja enche bastante. Aproveite a oportunidade para tomar café da manhã em alguma das brasseries da região. Tem umas bacaninhas, localizadas antes da subida das escadas laterais para a Basílica, com menus baratos e deliciosos, logo cedo. Claro que caí dentro! Croissant é a minha praia.

Outra coisa legal de se observar é a previsão do tempo, já que os dias ensolarados permitem uma vista mais limpa da cidade. Num dia assim, você chega a ver 30 quilômetros de distância!

Sacré Coeur - Vista de Paris

Olha como Paris é baixinha!

Falando de uma vista incrível, não perca a oportunidade de subir na cúpula da igreja (mais degraus!). Aproveitando, também é possível conhecer um lado diferente da Sacré Coeur visitando a Cripta. O horário de funcionamento delas é diferente da Basílica e está nas informações práticas.

E, se prepare melhor para a visita aproveitando para baixar o áudio guia gratuito que eles disponibilizam na página da Sacré Coeur e leve os fones de ouvido no dia em que for lá. Assim, você faz o tour no seu ritmo e enriquece com informações interessantes sobre a igreja.

Sacré Coeur - Por dentro

Por dentro da Sacré Coeur

Como chegar na Sacré Coeur

De metrô

As estações mais próximas são a Abesses, a Anvers e a Château-Rouge, que ficam a, mais ou menos, 10 minutos de caminhada.

Outras que ficam um pouco mais distantes, mas nada absurdo (tipo, uns 2 minutos a mais) são a Barbès-Rochechouart e a Pigalle. Da Pigalle inclusive dá para fazer a baldeação e descer nas Abesses ou, pegar o Montmartrebus, que passa a cada 10 minutos,  e descer na Place du Tertre, na parada Norvins.

De ônibus

Não curto muito essa opção, mas as linhas 30, 31, 54, 80 e 85 param bem na base da colina.

Trem turístico

Na região circula o Promo Train, um trem turístico que faz um tour de 35 minutos pela região de Montmartre. Ele funciona todos os dias das 10h às 18h, com intervalos de 30 minutos no verão e 45 minutos no inverno. Nos meses de Julho e Agosto, ele estende o funcionamento até as 00h.

As partidas acontecem da Place Blanche (estação de metrô Blanche) e da Place du Tertre.

O custo é de 6,50€ para adultos e 4,50€ para menores de 12 anos.

Mais informações

 Site www.promotrain.fr
 Telefone  (+33) 01 4262 2400
 E-mail  promotrain@wanadoo.fr

Acessibilidade na Sacré Coeur

Os portadores de necessidades especiais tem a opção de usar o funicular. Para acesso à igreja, tem uma rampa de acesso e um elevador na parte de trás da Sacré Coeur.

Perguntas e respostas

Tem lojinha para lembrancinhas? Tem, sim. Ela funciona de terça a domingo, das 9h15 às 17h30. Mas nas andanças por Montmartre você acha coisas bacanas a preços melhores.

Quanto tempo reservo para a visita? De 1h30 a 2h, ainda mais se for fazer a visita à Cúpula e ao Domo.

Informações Práticas

Funcionamento Basílica: Todos os dias, das 6h às 22h30

Cúpula e Cripta: Todos os dias, das 8h30 às 20h (de maio a setembro) e das 9h às 17h (de abril a outubro).

Funicular: Todos os dias, das 6h às 0h45.

Custo da visita  Basílica: Gratuito

Cúpula: 6 €, para adultos. 4 €, para jovens entre 4 e 16 anos. Gratuito para menores de 4 anos.

Cripta: 3 €, para adultos. 2 €, para jovens entre 4 e 16 anos. Gratuito para menores de 4 anos.

Cúpula + Cripta: 8 €, para adultos. 5 €, para jovens entre 4 e 16 anos. Gratuito para menores de 4 anos.

Funicular: 1,90€ (o mesmo custo de um ticket de metrô).

Endereço  35, Rue de Chavalier de la Barre, 75018 – Paris
Telefone (+33) 01 5341 8900
E-mail  basilique@sacre-coeur-montmartre.com
Site  www.sacre-coeur-montmartre.com
dayanalole Administrator

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

20 comentários

  • andra colbert
    Postado em 12/06/2016 em 5:17 Responder

    This is my first time go to see at here and i am really pleasant to
    read everything at one place.

    • dayanalole
      Postado em 13/06/2016 em 10:03 Responder

      Thanks, my darling! I’m really glad I can be helpful!!!

  • Analuiza
    Postado em 14/01/2017 em 10:56 Responder

    Olá! Ainda não visitei Paris. Um dia, talvez… De qualquer maneira, já gravei a dica sobre a subida até Sacré Couer: acho que escolheria a terceira alternativa para explorar melhor o lugar e caminhar mais. E claro, subiria até a cúpula para ver a cidade do alto. 🙂 Ana

  • Danielle Bispo
    Postado em 14/01/2017 em 7:25 Responder

    Sensacional, post completíssimo sobre um dos lugares mais lindos de Paris. Além de Monmatre ser altamente aconselhável para uma estadia prá la de parisiense né?

    bjs

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 10:12 Responder

      Com certeza! Foi o que acabei de comentar ali em cima. Minha próxima estadia será por lá! 🙂

  • Ana Paula Fidelis
    Postado em 14/01/2017 em 9:56 Responder

    Que post legal e informativo! Gostei da divisão das informações e das fotos! Parabéns! 🙂

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 10:09 Responder

      Obrigada, Ana Paula!!! 🙂

  • Mirella Peixoto
    Postado em 14/01/2017 em 10:41 Responder

    Ai que lindeza… esses parisienses são mesmo maluquinhos de colocarem defeito em tudo (risos).
    Mas deixa que nós turistas, damos um jeito de nos apaixonar por cada pedacinho de Paris, não é mesmo?
    bjooo

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 10:09 Responder

      hahaha Gosto é uma coisa complicada, né não?

      Para mim também, a Sacré Coeur é perfeita como é. 🙂

  • Juliana Moreti
    Postado em 15/01/2017 em 5:46 Responder

    Oi Day
    Essa igreja é fantàstica, assim como tudo ao seu redor! Eu e meu marido, ateus, entramos para ouvir uma missa (ok ok, nao conseguimos ficar a missa inteira, mas tà valendo!) e depois nos sentamos nas escadarias para apreciar a vista (que é realmente linda)!
    Ah, e eu cheguei pelos fundos! Achei o bairro por tràs dela muito lindo!
    😉

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 9:56 Responder

      Uma experiência incrível, né, Ju? Também não sou católica, mas tá valendo. hahahaha
      Sim, Montmartre é um sonho… e uma ótima pedida até para ficar em Paris. 🙂

  • Gisele Ramos
    Postado em 15/01/2017 em 7:59 Responder

    Eu cheguei na Sacré Couer por acaso, me perdendo pelas ruas de Montmartre, e recomendo. Atrás e ao lado da igreja ficam diversos artistas pintando e vendendo as suas obras… bem bacana!

    Abraço,

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 9:55 Responder

      Sim, é a Place du Tertre. Sou apaixonada por tudo de Montmartre! hahaha
      Até falei dela aqui nesse post. 😉

  • Catarina Leonardo
    Postado em 15/01/2017 em 8:59 Responder

    Penso que este é um local que todos conhecem mesmo se ainda não tiverem lá ido. Paris realmente é um espetáculo e esta basílica uma das razões para isso….

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 9:53 Responder

      Com certeza! 🙂 “Paris sempre é uma boa ideia”, né?

  • Klécia Cassemiro
    Postado em 15/01/2017 em 11:59 Responder

    Um bom post, super informativo. Gostei bastante das fotos também, todas tão bem iluminadas, ajudaram a retratar essa beleza de lugar!E quando for, farei como a Ana, pegarei o terceiro caminho para aproveitar mais a caminhada 🙂

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 9:51 Responder

      Aproveite muitoooo! 🙂

  • Susana
    Postado em 16/01/2017 em 10:04 Responder

    Adoro esse bairro de Paris e tudo o que lá tem e gosto mesmo de me perder nas ruas menos turísticas. E a basílica é linda! Há uma em Portugal, em Viana do Castelo, inspirada nessa 😀 Boas viagens!

    • dayanalole
      Postado em 16/01/2017 em 10:20 Responder

      Também sou apaixonada por esse arrondissement. Meu preferido de toda Paris! <3
      Jura? Adorei a dica! Agora quero visitar também!!! haha

  • Edson Amorina Jr
    Postado em 18/01/2017 em 7:08 Responder

    Dizem que visitar a Sacre Coeur é mais bonito do que visitar a Torre Eiffel, pois da igreja dá ter uma bela vista de Paris e com a Torre! 🙂

Deixe um comentário

© Copyright 2014-2017 Lolepocket. Todos os Direitos Reservados.