Rio de Janeiro

Olimpíadas Rio 2016: mudanças de funcionamento dos pontos turísticos

Rio 2016 - Capa

Olimpíadas Rio 2016: mudanças de funcionamento dos pontos turísticos

Quem está acostumado a circular pela cidade ou até quem está pretendendo vir durante esse período de Olimpíadas Rio 2016, precisa se adaptar às várias alterações que tem acontecido na rotina carioca. E, o funcionamento dos principais pontos turísticos não fugiram a essas mudanças.

No meio de tanta coisa diferente acontecendo, a gente pode acabar se enrolando, se programando equivocadamente e dar com os burros n’água. Isso é muito chato. Ainda mais para quem está de passagem pela cidade e fez um roteirinho dia-a-dia. Por conta disso, a gente listou aqui os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro e as mudanças no funcionamento. Assim, a gente te poupa desse problema, né não?

Olimpíadas Rio 2016 e suas mudanças

Trem do Corcovado

Desde o dia 01 de julho, o trem do Corcovado tem ingressos com hora marcada. A bilheteria, atualmente, só funciona para a troca dos vouchers de bilhetes comprados online, no aplicativo do trem (disponível no Google Play e na Apple Store) ou em pontos de venda credenciados, espalhados predominantemente na Zona Sul e Centro da cidade.

Se quiser comprar ingressos na bilheteria, é possível. Mas apenas para outro dia de passeio.

Atualmente, os ingressos custam R$ 68. As crianças entre 6 e 11 anos pagam R$ 44 e idosos acima de 60 anos, R$ 22.

O trenzinho parte todos os dias, das 8h às 19h, no mesmo horário em que o Cristo permanece de braços abertos para você visitar. Os intervalos entre as partidas é de 30 minutos.

Rio 2016 - Cristo Redentor

O Cristo, sempre de braços abertos!

Se a sua intenção é ver o Cristo, sem fazer questão o trem, pode optar pelas vans oficiais que saem da Barra da Tijuca (R$ 100), Copacabana (R$ 68), Largo do Machado (R$ 68) e das Paineiras (R$ 38). O jeito mais barato ainda é pela trilha do Parque Lage, que faz o custo do ingresso cair para R$ 24.

No período das Olimpíadas, todos os preços usados são de alta temporada, claro.

|A gente se hospedou aqui perto, vem ver onde e como foi.|

Bondinho de Santa Teresa

O Bondinho de Santa Teresa passou a operar em horário ampliado durante o período olímpico: de segunda a sábado, das 8h às 16h. Ele está operando nos trechos entre o Largo da Carioca e o Largo dos Guimarães e entre o Largo da Carioca e a Rua Francisco Muratori, na Lapa. Nos domingos e feriados (mesmo nos olímpicos) o Bondinho não vai funcionar.

Rio 2016 - Bondinho de Santa Teresa

O bondinho de um dos bairros mais tradicionais do Rio de Janeiro (foto: Flickr/leesean)

Até a sexta-feira dessa semana, ele está funcionando com intervalos de 10 minutos. Nos outros dias, com intervalos de 15 minutos.

O Bondinho de Santa Teresa está realizando o transporte gratuitamente. 🙂

|Veja aqui as experiências incríveis que você pode ter em Santa Teresa.|

Bondinho do Pão de Açúcar

O Bondinho do Pão de Açúcar mantém sua operação normal durante o período olímpico. Lógico, que a gente aconselha fortemente a garantir seu ingresso online. Para quem preferir atendimento nas bilheterias, elas funcionam todos os dias das 8h às 19h50.

O custo dos ingressos para adultos é R$ 76. Pessoas entre 6 e 21 anos ou acima de 60 anos, estudantes e deficientes pagam R$ 38. O dito cujo também participa do Projeto Carioquinha e dá 30% de desconto no valor do ingresso para os que forem de segunda a quinta. Para isso, precisa-se apresentar identidade e comprovante de residência na bilheteria da Praia Vermelha. O desconto vale mais para os adultos, já que a promoção não é cumulativa.

Rio 2016 - Pão de Açúcar

O Pão de Açúcar, com certeza, é um dos mais queridos da cidade

A primeira subida ao Morro da Urca acontece às 8h10 e a última descida, às 21h. As partidas acontecem a cada 20 minutos ou quando o bondinho atinge sua capacidade máxima de 65 pessoas.

Museu do Amanhã

Durante o mês de agosto, o Museu do Amanhã apenas aceitará a compra de ingressos online.

Além disso, nesse mesmo período as gratuidades das terças-feiras estão suspensas. Os únicos que mantém o benefício de ingressos gratuitos são os estudantes da rede pública, professores de instituições públicas (escolas ou universidades), menores de 6 anos, maiores de 60 anos, acompanhantes de deficientes, funcionários de museus ou associados do ICOM com selo de anuidade, guias de turismo e grupos em situação de vulnerabilidade.

Museu do Amanhã - Espelho d'água

O Museu do Amanhã nesses dias lotados

O custo dos ingressos para o Museu do Amanhã é de R$ 10. Menores de 21 anos, estudantes da rede privada ou de universidades, deficientes, servidores públicos do município do Rio de Janeiro, moradores ou naturais da cidade, portadores da carteira de Identidade Jovem e titulares de cartão Santander tem o direito da meia-entrada.

O horário de funcionamento do museu também foi alterado. Normalmente, ele abre de terça a domingo, das 10h às 17h. Mas, nesse período, ele também abriu nesta segunda-feira, dia 8, e vai repetir a dose na próxima, 15 de agosto. Além disso, nos domingos, 14 e 21 de agosto, a operação do museu foi deslocada para as 15h às 20h.

|Mais sobre a visita ao Museu do Amanhã e à praça Mauá, clique aqui.|

Museu de Arte do Rio

O vizinho do Museu do Amanhã manteve seu horário de funcionamento de terça a domingo, inclusive em feriados, das 10h às 17h.

Como é obrigatório comprar o ingresso online para o Museu do Amanhã e há o combo deste com o MAR, não há motivo para enfrentar a fila da bilheteria. Mas, a quem interessar possa: a bilheteria funciona normalmente.

Museu do Amanhã - MAR

A vista da Praça Mauá a partir do MAR

As mudanças mais significativas aconteceram no quesito segurança. Os visitantes estão passando por detectores de metal e revista de bolsas e malas na entrada.

Além disso, foi proibido o uso de garrafas e também de bolsas ou mochilas no Pavilhão de Exposições. Nesse caso, pode-se usar o guarda-volumes e resgatar os bens depois. Lá, eles oferecem uma bolsinha para guardar pertences essenciais. Para a sede, tem bebedouros em todos os andares. 🙂

Boulevard Olímpico do Porto Maravilha

Quem não tem ingresso para os jogos mas quer curtir o que as Olimpíadas trouxeram de bom para a cidade, pode reservar um tempinho para a visita ao grafite do Kobra e ao Boulevard Olímpico do Porto Maravilha. Ele conta com três palcos, onde estão acontecendo shows em horários variados:

  • Palco Encontros, na Praça Mauá, com 2 shows por dia entre 13h-15h e entre 20h-23h.
  • Palco Tendências, na Praça XV, com 1 show por dia entre 16h-18h. Aos domingos, os shows mudam para entre 15h e 17h.
  • Palco Amanhã, na Orla Luiz Paulo Conde, com 1 show por dia, às 17h.
Rio 2016 - Etnias

O grafite do Kobra no Boulevard Olímpico (foto: Wikimedia Commons/Fernando Frazão/Agência Brasil)

As extensões do Boulevard Olímpico em Madureira e em Campo Grande também estão com as suas apresentações. Toda a programação pode ser conferida no site live deles.

Jardim Botânico

Por conta da competição de ciclismo, o Jardim Botânico não abriu no último final de semana. Mas, isso não deve mais acontecer. A previsão é que nos demais dias olímpicos, o funcionamento continue sendo nas segundas-feiras, das 12h às 17h, e das terças aos domingos, das 8h às 17h. Isso se mantém até nos feriados municipais que foram decretados.

Rio 2016 - Jardim Botânico

O Jardim Botânico fica perto da Lagoa Rodrigo de Freitas e é um ótimo combo

O Museu do Meio Ambiente, que fica dentro do Jardim Botânico, vai seguir a mesma regra, abrindo sempre 1 hora mais tarde que a área externa.

Os ingressos custam R$ 10 e apenas são vendidos na bilheteria do local. Estudantes, deficientes, menores de 21 anos, jovens de baixa renda entre 15 e 29 anos e maiores de 60 anos pagam R$ 5.

|A Lagoa Rodrigo de Freitas fica aqui pertinho. Dicas do que fazer por lá.|

Museu de Arte Moderna

O Museu de Arte Moderna (MAM), que normalmente funciona de terça a domingo, das 12h às 18h, vai ficar fechado nos dias 14 (domingo), 18 (quinta) e 21 (domingo) de agosto.

Rio 2016 - MAM

Só a arquitetura do MAM já vale a visita (foto: Wikimedia Commons/Halley Pacheco de Oliveira)

O custo dos ingressos para as exposições do MAM são de R$ 14. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia entrada. A entrada é gratuita para os amigos do MAM, menores de 12 anos e funcionários dos parceiros e mantenedores do museu. Além disso, toda quarta-feira, a partir das 15h, o museu tem entrada gratuita para até 2000 ingressos.

Ilha Fiscal

Até o dia 26 de agosto, a Ilha Fiscal vai manter sua visitação acontecendo de quarta a domingo, às 12h30, 14h e 15h30. Além disso, o passeio está sendo realizado apenas em ônibus, não tendo a opção da escuna.

A bilheteria apenas vende ingressos para o dia do passeio e está aberta a partir das 8h30. Os ingressos custam R$ 25. Quem paga meia são os estudantes, militares e seus dependentes, menores de 12 anos, maiores de 60 anos, professores e deficientes. Crianças até 2 anos de idade não pagam.

Rio 2016 - Ilha Fiscal

A Ilha Fiscal fica dentro da área da Marinha do Brasil

Guarde o seu canhoto para a devolução do valor ingresso, para o caso de cancelamento do passeio. Além disso, é bom ficar atento ao horário do passeio, pois se perder, eles não devolvem o dinheiro nem remanejam de horário.

Maracanã

A visita ao Maracanã está restrita a quem for ao estádio para algum evento olímpico. O tour do estádio está previsto de voltar a normalidade só em 30 de outubro.

Rio 2016 - Maracanã

Só comprando ingresso para algum evento para ver o Maracanã por dentro

Depois quero saber como vocês aproveitaram o Rio 2016, hein?

 

dayanalole Administrator

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

2 comentários

  • lilian azevedo de moraes
    Postado em 09/08/2016 em 7:25 Responder

    muito bom esse post ! Ajuda os turistas e os locais que aproveitam essa época diferente para passear pela pp cidade

    • dayanalole
      Postado em 09/08/2016 em 7:43 Responder

      Obrigada, Lilian! 🙂
      A ideia foi essa mesma. São tantas coisas acontecendo que a gente fica perdido.

Deixe um comentário

© Copyright 2014-2017 Lolepocket. Todos os Direitos Reservados.