Santiago

Metrô de Santiago: 12 coisas para você saber

metro santiago capa

Metrô de Santiago: 12 coisas para você saber

O trânsito de Santiago é meio chato para você circular de táxi ou de carro e, ao contrário de alguns destinos sulamericanos, a cidade conta com um sistema de metrô muito do eficiente. Ele atende praticamente a cidade toda, tirando alguns pontos que ficam mais longe. Mas até eles são alcançáveis com a integração com os ônibus da capital chilena. Se fosse ruim, eu contava para vocês. Só que não é. Palavras de uma usuária assídua nos últimos dias.

Estação Baquedano - metrô Santiago

Entrada da estação Baquedano

Bueno, e o que você precisa saber sobre esse meio de transporte?

1. Quais são as linhas que vou usar mais?

O metrô de Santiago tem 4 linhas: a linha 1, linha 2, linha 4 e linha 5. Pois é, não tem linha 3. Dessas linhas, a que você vai mais usar provavelmente vai ser a 1, que é a mais Central e te leva a um número maior de atrações. Depois dela, você também pode ser que você pegue mais a linha 5, que te leva a outros lugares bacanas, como a Plaza de Armas, o Museu de Belas Artes, o Barrio Lastarria e ao Parque Quinta Normal.

#dicadeviajante

Uma boa área para você se hospedar nas proximidades da estação Baquedano, pois é o ponto de integração entre as linhas 1 e 5.

2. Como são os preços do metrô?

Durante os dias úteis, os preços do metrô em Santiago variam de acordo com o horário: bajovallepunta. As horas e os preços correspondentes tão aí na tabelinha.

 Horário Bajo 6h às 6h29 e 20h45 às 23h  610 CLP
Horário Valle  6h30 às 6h59, 9h às 17h59 e 20h às 20h44  660 CLP
Horário Punta  7h às 8h59 e 18h às 19h59  740 CLP

Nos finais de semana, os preços independem da hora que você vai usar o metrô. O preço que fica valendo o dia todo é o do horário valle. Nem mais caro, nem mais barato.

3. Qual o horário de funcionamento do metrô?

Os horários de funcionamento do metrô são diferentes para dias úteis, sábados e domingos e feriados. Coloquei tudo nessa tabelinha para facilitar a vida.

 Dia Horário de Funcionamento  Fechamento da Bilheteria
 Segunda a Sexta 5h40 às 23h30 23h
 Sábados  6h30 às 23h  23h
 Domingos e Feriados  8h às 22h30  22h30
4. Tem diferença na operação do metrô conforme os horários?

A única diferença é que nos horários de 6h às 9h e 18h e 21h é comum a operação expressa do metrô nas linhas 1, 4 e 5. Nesse caso, os trens de cada linha terão duas rotas possíveis, a verde e a vermelha.

operação metrô santiago

As rotas do metrô de Santiago: observe as bolinhas verdes e vermelhas, no caso da operação expressa (fonte: Metrô de Santiago)

Observe os painéis e as telas nas estações, neles vai estar identificado a que rotas as estações pertencem. As estações que forem comuns às duas rotas estarão sinalizadas com as duas cores e é nelas que você pode fazer a mudança de rota.

No caso dos trens, a identificação é feita pelas luzes (vermelhas ou verdes) nas janelas laterais, que ficam acesas durante a operação expressa.

5. Como vou saber o lado de desembarque?

O metrô de Santiago é um dos mais descomplicados nesse sentido. Ao contrário do metrô de outras cidades grandes, como o Rio de Janeiro, onde você tem que contar com o aviso do autofalante para se orientar sobre o lado que vai desembarcar dependendo da estação, em Santiago, você não vai ter esse estresse. Lá, o mesmo lado que você embarcar vai ser o que vai desembarcar. Simples e fácil, especialmente para os usuários menos frequentes e, claro, os turistas de plantão.

6. No que preciso prestar atenção?

Além do seu itinerário, é sempre bom ficar ligado nos seus pertences, já que, especialmente nos horários mais cheios, tem aqueles batedores de carteira aproveitando a situação. Mas isso é normal em praticamente qualquer lugar do mundo.

7. Sou obrigado a comprar o cartão do metrô?

Não, você não é obrigado a comprar nenhum cartão para usar o metrô em Santiago. Lá você consegue comprar bilhetes unitários de passagens. A vantagem de você usar o cartão, o deles é o Bip!, é não ter que enfrentar as filas dos horários de pico e, caso use a integração com os ônibus, fazer alguma economia.

8. Onde posso comprar meu cartão do metrô?

Você pode comprar um em qualquer estação de metrô, nos mesmos guichês que fazem recarga e venda de bilhetes unitários. Também tem a venda nos Centros bip!, mas essa seria a opção menos prática.

9. Quanto custa um cartão do metrô?

O custo de um cartão é de 1.550 CLP, mas ele pode ser compartilhado com outras pessoas.

10. Como funciona o cartão do metrô?

Assim que adquirir seu cartão, você vai ter que fazer a recarga. O valor mínimo de recarga é de 1.000 CLP e o máximo, de 25.000 CLP, sempre feita em múltiplos de 500 CLP. Você pode fazer a recarga nas estações de metrô, nos Puntos bip! e nos Centros bip!. Depois disso, só encostar seu cartão no scanner de alguma das catracas do metrô.

Para tirar proveito da tarifa integrada, você pode pegar até 3 conduções (metrô combinado com dois ônibus ou até três ônibus, mas nunca metrô-ônibus-metrô) em até 2h. O valor cobrado no segundo deles vai ser a diferença entre as passagens, só. O terceiro, se pegar, sai de graça!

11. Depois posso devolver meu cartão para ter o valor investido de volta?

Infelizmente, não existe um programa de devolução do cartão de metrô. Então, caso compre um desses cartões, eles provavelmente serão um souvenir que você vai levar da viagem. Para não perder o saldo do cartão, faça pequenas cargas quando estiver perto de voltar para casa.

12. Em caso de roubo, consigo ter o saldo do meu cartão de volta?

A única opção de ter seu saldo de volta é se fizer um cartão Bip! personalizado, que é mais caro, custa 2.800 CLP e você só compra nos Centros bip!. Nesse caso, você vai poder bloquear e ter seu saldo de volta.

De outro jeito, no cartão normal, não é possível ter o saldo de volta. Se você perde ou tem seu cartão bip! roubado, vai ter que comprar outro e recomeçar o processo de recarga.

Mais informações

Visite o site do metrô e do Bip!.

dayanalole Administrator

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

Deixe um comentário

© Copyright 2014-2017 Lolepocket. Todos os Direitos Reservados.