Uruguai

Colonia del Sacramento: guia para um dos melhores pitstops no Uruguai

Colonia del Sacramento - Capa

Colonia del Sacramento: guia para um dos melhores pitstops no Uruguai

Muita gente considera Colonia del Sacramento a prima uruguaia de Paraty. Ruelas estreitas, calçamento de paralelepípedos, construções antigas e seus famosos lampiões dão um charme especial para a cidade. A maior parte das construções é de origem espanhola, mas vale tentar achar alguma portuguesa ali pela meiuca.

Colonia tem aquele jeitinho simples, mas não se deixe enganar. O lugar é importante a nível mundial e declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Inclusive, já foi motivo de boas brigas entre Portugal e Espanha por conta da posição estratégica, às margens do Rio da Prata. O Portão Antigo da cidade está aí para lembrar disso.

Colonia del Sacramento - Rio da Prata

A vista para o Rio da Prata a partir do que resta das muralhas portuguesas

Para não perder em Colonia del Sacramento

Hoje em dia, estar à beira do Rio da Prata favorece para que Colonia tenha um lindo e imperdível pôr-do-sol. Se vocês são como eu, colecionadores de pores-do-sol, anotem esse na agenda. Marca aí, “fim do dia no Paseo San Gabriel”, aquele paralelo às muretinhas que dão para o rio.

Ainda no pacote, Colonia ainda é uma daquelas que você visita com zero esforço. Só comprar o ingresso por $U 50 no Museo Municipal, bem em frente a Plaza Mayor, e você terá acesso a praticamente todos os pequenos museus da cidade (exceto o Naval, que custa $U 20 a parte). Bom, nem todos, já que eles fecham em dias determinados da semana, mas sempre de forma que você encontre algum aberto. Então, se for ficar só um dia na cidade, algum você deve pegar fechado. Mas não se preocupe, não tem grandes prejuízos. Querendo ver todos abertos, vá numa quinta-feira.

Colonia del Sacramento - Museu Paleontológico

Animais empalhados no Museu Paleontológico

Para achar os museus, só sair andando por lá que vai topando com um e outro. Se tiver que eleger só um para ser o melhor de todos, ficaria com o Museo Portugués, que traz um pouquinho da coincidência entre as nossas histórias.

Colonia del Sacramento - Museu

Os museus de Colonia são separados por temas bem específicos

A cidade ainda tem um Farol, onde dá para subir e ter uma visão, em dois níveis, da orla e da cidade. Claro que a melhor vista fica para o nível superior. Mas já que estamos aqui, porque dispensar o primeiro andar? Infelizmente, ele não entra no combo dos museus e são cobrados $U 25 para subir.

A rua mais charmosa da cidade é a Calle de Los Suspiros, cujo nome não tem nenhuma inspiração romântica. Esse nome é por conta dos sons que os escravos faziam depois de meses num navio, desembarcar em terra firme.

Colonia del Sacramento - Calle de los Suspiros

Calle de Los Suspiros com o lampiãozinho típico de Colonia

Para quem curte fotos, uma parada na Muelle é quase que obrigatória. Aqui consegue-se umas bem bacanas com os iates atracados ao redor.

Colonia del Sacramento - Muelle

A gente posando na Muelle

Funcionamento dos Museus de Colonia del Sacramento

Os museus de Colonia ficam abertos das 11h15 às 16h45, exceto nos dias em que ficam fechados por rotina e nas datas de 01/01, 24/04, 01/05 e 25/12.

Museu Fechado
Museo Municipal Terça
Museo Portugués Quarta e Sexta
Casa Nacarello Terça
Museo del Azulejo Quarta e Sexta
Museo Español Fechado para manutenção

(em funcionamento normal, fecha na Segunda)

Museo Indígena Segunda e Quarta
Museo Paleontológico  Segunda, Terça e Quarta
Arquivo Regional Sábado e Domingo
Museu Naval Segunda, Terça e Quarta

Quanto tempo ficar em Colonia del Sacramento

Um dia sem pernoite é suficiente para ficar em Colonia. Aliás, é fortemente recomendável encaixar Colonia como um pitstop entre a travessia Uruguai-Argentina, no caminho entre Montevidéu e Buenos Aires, seja no sentido que for.

Com o cair da noite e o fim do movimento turístico, a cidade vai ficando meio parada. Por conta disso, consideraria uma boa opção para quem está procurando descanso ou num ritmo de viagem mais lento.

Onde ficar em Colonia del Sacramento

Uma ideia bacana é ficar por ali pelo Centro Histórico, onde, durante o dia, se está a distâncias caminháveis entre as principais atrações de Colonia e tem alguns restaurantes bonitinhos para se comer à noite. Ficar mais distante muitas vezes não vai garantir preços melhores e ainda pode te fazer gastar mais com transporte e ninguém quer isso.

Boa parte dos hotéis da cidade assumem um conforto mais rústico, se é que se pode falar assim. Mas não se preocupe, também há aqueles que chegam mais perto da modernidade. É possível encontrar bons hotéis com diárias na faixa dos US$ 90-120.

Colonia del Sacramento - Hotel Charco

A fachada do Hotel Charco. Bonitinha de um jeito rústico, não?

Perto do Centrinho, um hotel bem charmoso e com uma boa relação custo-benefício é o Le Vrero. Uma opção mais luxuosa em uma construção estilo antigo, é o Charco. Outras alternativas bacanas ainda respeitando o fator proximidade com as principais atrações da cidade são as pousadas Las Terrazas, Del Virrey e a Posadita de la Plaza.

Para quem procura nomes conhecidos, o Radisson é um que não vai decepcionar e costuma ter preços melhorezinhos. Falando em preço, se você está procurando um lugar arrumadinho com valores mais amigos, tem o El Viajero Hostel & Suites.

Quando ir a Colonia del Sacramento

Colonia é visitável praticamente durante o ano todo. Dito isso, acho que deveria ter mudado esse título para “Quando não ir a Colonia del Sacramento”.

A cidade fica particularmente cheia na Semana de Turismo no Uruguai, que coincide com a Semana Santa, e durante as férias escolares de meio de ano na Argentina e no Uruguai. Nessas épocas, os preços sobem e a cidade fica cheia de gente. Por conta disso, evitaria esses períodos.

Para quem curte o Carnaval, Colonia pode se tornar mais interessante, já que é animada com a presença das llamadas uruguaias. 🙂

Colonia del Sacramento - Farol

O Farol e eu saindo da Casa Nacarello

Como chegar a Colonia del Sacramento

Como a gente tava conversando, o trajeto mais comum para Colonia é vindo/indo de Montevidéu ou de Buenos Aires. Entonces, são esses os pontos de partida que vamos assumir aqui, belê?

De/para Buenos Aires, é necessária a travessia do Rio da Prata. Quem faz o serviço é a Buquebus, a Colonia Express e a Seacat, as duas últimas geralmente com os melhores preços. Aqui, valem duas dicas: comprar nos sites uruguaios, onde sai mais em conta, e optar pela Seacat, que não costuma decepcionar. Na hora da viagem, lembre sempre de chegar com uma hora de antecedência porque você vai passar pela imigração.

De/para Montevidéu, você pode ir de carro ou ônibus. No caso de optar pelo carro, o caminho é tranquilo, mas esteja ciente que vai encontrar alguns pedágios no trajeto. Além disso, fique atento à documentação necessária. De ônibus, a COT, a Chadre  e a Turil fazem o transporte diariamente.

Tira-dúvidas de Colonia del Sacramento

  • Preciso de pagar um táxi para ir do Porto/Rodoviária até o Centro Histórico de Colonia?  Não é necessário. Os dois ficam a uma distância perfeitamente caminhável do Centro Histórico, cerca de 1 km.
  • Que documentos são necessários para entrar em Colonia a partir de Buenos Aires? Em termos de identificação, o RG ou o passaporte são suficientes (para turistas do Mercosul). Para outros casos de documentação, veja esse post aqui.
  • Numa parada entre Montevidéu e Buenos Aires, tem algum lugar onde possa deixar minhas malas? Tem, sim. Esse serviço é oferecido na rodoviária, que fica ao lado do porto, e cobra $U 90 (preço de dezembro/2015) por volume.
  • Se eu for de carro, onde estacionar? No porto é possível parar no estacionamento da Buquebus. Além disso, nas redondezas dele também acha-se algumas outras opções de estacionamentos. Apenas fique atento aos horários de funcionamento de cada um.
  • Vale a pena marcar um passeio para Colonia nos dias de Natal e Reveillón? Não, a cidade fica desértica nos dias específicos dessas festividades e os museus não abrem. Agora, caso pretenda ir num dos dias próximos a essas datas, vale, sim.
Colonia del Sacramento - Paseo San Gabriel

E eu preciso explicar porque adoro Colonia?

Pensando em marcar o passeio a Colonia del Sacramento quando?

dayanalole Administrator

Apaixonada pela vida, tenta viver a expressão "carpe diem". Acredita que cada viagem é um meio de aprender mais sobre a humanidade e o seu próprio eu, por isso ama pôr o pé na estrada. Gosta de contribuir para que outras pessoas tenham experiências cada vez melhores de viagem, por isso quando sabe que um amigo vai viajar, já vem com sua listinha de dicas. A melhor viagem? É sempre a do momento.

2 comentários

  • Marianne Rangel
    Postado em 22/09/2016 em 2:02 Responder

    Já fui a Buenos Aires 2 vezes e 1 vez pro Uruguay e não consegui encaixar colônia! Uma frustração na minha vida! Sou louca pra conhecer!

  • Carlos Roberto e Gleidys
    Postado em 01/10/2016 em 7:35 Responder

    Muito legal ver um relato de um lugar que visitamos recentemente pelos olhos de outro viajante. Vc viu detalhes que nos passaram desapercebidos. Adoramos.

Deixe um comentário

© Copyright 2014-2017 Lolepocket. Todos os Direitos Reservados.